Edward Snowden disse nesta terça-feira, durante uma conferência da plataforma TED no Canadá, que as maiores revelações ainda estão por vir. O ex-analista da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA) foi quem denunciou as ações de espionagem do governo americano no ano passado.

 Estima-se que ele tenha adquirido cerca de 1,7 milhão de documentos confidenciais da NSA. Segundo o Mashable, Snowden fez uma aparição surpresa durante o evento por videoconferência. Ele disse que gostaria de voltar para os Estados Unidos caso tivesse imunidade – atualmente, ele está escondido em algum lugar na Rússia.

O ex-analista disse que ainda há muitas denúncias a serem feitas, inclusive sobre a acusação de que a NSA engana as empresas para construir backdoors em seus sistemas, o que permite que haja falhas e que os dados fiquem vulneráveis a hackers. Snowden manteve seu posicionamento, e disse que seus atos não foram imprudentes e que ele fez tudo isso pelo povo americano. “Sou a prova viva de que um indivíduo pode ir de frente com as agências de inteligência mais poderosas do mundo – e vencer”, declarou.

 “Não fiz isso para estar seguro; agi assim para fazer o que é certo. Não vou parar meu trabalho pelo interesse público”, completou. Depois de sua apresentação, o inventor da World Wide Web, Tim Berners-Lee, foi chamado ao palco para entrevistar Snowden e o chamou de “herói”.

 

 Fonte: Terra
Oliveira Lima

Oliveira Lima

Oliveira Lima atua na área de segurança da informação há 10 anos, especialista em Pentest, Analise de vulnerabilidades e Hardering. Dedica-se também a pesquisas e analise de malware. Criou o Blog roothc.com.br, com intuito de manter o publico atualizado sobre noticias do mundo Linux e hacking, alem de dividir conhecimentos e propor debates.
Oliveira Lima